Tempo de redenção

Dom Hélder Câmara, afirma pensar o Natal como um ato de subversão, por trazer elementos que contestam o “status quo” da sociedade ideal: um menino pobre, uma mãe solteira, um pai adotivo… quem assiste seu nascimento é a ralé da sociedade, os pastores. É presenteado por gente “de outras religiões” (magos, astrólogos). Eu gosto de

Prêmio Hugo de Carvalho Ramos 2022

O Prêmio Hugo de Carvalho Ramos (ou bolsa de publicações Hugo de Carvalho Ramos) é um concurso literário criado em 1944 com a finalidade de premiar obras inéditas de autores nascidos ou residentes no estado de Goiás. É promovido anualmente pela Prefeitura de Goiânia e organizado pela União Brasileira dos Escritores – Seção Goiás. Os

Tolerância tem limite

Em muitos episódios históricos já ficou demonstrado que a tolerância com os desmandos de pessoas e/ou grupos organizados trouxeram consequências nefastas para a convivência harmônica da sociedade. Esses agentes, normalmente guiados por visões fundamentalistas do mundo, querem impor a sua filosofia, e para isso, usam de todas as formas de persuasão. Começam quase sempre pelo

Às mestras (es) com carinho

Recordo-me da Fazenda Barreirinho, na zona rural de Crixás, naqueles idos de 1.960. Eu começava a trocar os primeiros passos, e ainda assim, acompanhava a minha mãe nas manhãs ensolaradas e quentes, quando ela lecionava para os alunos da escola rural. Essa escola, aliás, um barracão ao lado da casa principal, foi um esforço do

Independência ou Morte

A liberdade é definida pela filosofia como a “independência, autonomia, auto-determinação, espontaneidade e intencionalidade”, que em sentido amplo, pode ser traduzida na capacidade do ser humano de “agir por si mesmo”. Essa condição – ser livre – é uma característica intrínseca do ser humano desde os primórdios da civilização. O homem primitivo não conhecia fronteiras,

Reflexo no Espelho

              “Toda nação tem o governo que merece”. A frase que entrou para a história, dita pelo filósofo francês Joseph de Maistre, (1753-1821), parece atual 250 anos depois. Considerando o termo “stricto sensu”, poderemos fazer uma leitura superficial do pensamento filosófico, replicando-a para o tempo presente e consequentemente para a realidade em que vivemos.